Contato: silvinoadvogado@hotmail.com

POSTAGENS EM DESTAQUE

Revisão de aposentadoria por defasagem de índice.

A REVISÃO DE Aposentadoria E necessária devido AO Índice Governamentais that los hum PERÍODO de Cinco Anos, a Aposentadoria, Perde Poder de Compra sobremaneira. Por ISSO, E Importante Que o Aposentado oo o Faça UMA REVISÃO DE SUA Aposentadoria Pelo Menos de 5 EM 5 anos, Junto AO INSS, podendo, inclusive, ELE MESMO, Fazer o Requerimento administrativo, perante a autarquia. Quanto à UMA um a Revisão judicial, ESTA divergem De Fundamentos, POIS PODE Ser defasagem promovida POR, Aplicação de Índice, Planos Econômicos e etc


Excelentíssimo Senhor DOUTOR JUIZ FEDERAL DA VARA DO Juizado ESPECIAL FEDERAL Cível de São Paulo - SP























(Fulano de Tal), italiano, casado, Aposentado, Portador da Cédula de Identidade RG :, Inscrito no CPF / MF n º SOLUCO o, Residente e domiciliado na Rua ...., Parque Belém, Vila Penteado São Paulo - SP, Seu POR Advogado, VEM, respeitosamente à Vossa Excelência Presença de promover AÇÃO DE REVISÃO DE Aposentadoria contra o
INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS , Pelos seguintes Fatos e Fundamentos:

O Autor de e titular de Benefício previdenciário, Conforme fazem Documento ANEXO, o Tipo o Faça idade Aposentadoria POR, Que Teve Início a Partir de 26 de julho de 1.994, de Nummer -..... e aufere somente o importe de hum Salário Minimo Mensal, Que atualmente corresponde a R $ .......

Primeiramente, frise-se Que o Autor Teve Seu Benefício deferido Antes de maio de 1996 e, portanto, atingido FOI Pelo reajustamento ocorrido Nesta Competencia. senhor se FAZ esclarecer that Uma Autarquia Federal - INSS violou o Princípio da Preservação Fazer valentia Verdadeira dos Benefícios ( art 201, § 2º, da Constituição Federal), SEM reajuste de maio de 1996, POIs o Índice escolhido Paragrafo reajuste -. IGP-DI - Localidade: Não representou fidedignamente a INFLAÇÃO ocorrida no PERÍODO.



A Lei n º 8.880 / 94, previu arte los SEU. 29, caput e parágrafos, Que, a Partir de maio 1995, seriam corrigidos OS Benefícios Previdenciários, semper Nesse MES Pela variação Acumulada do IPC-r. Dados Tal regramento vigorou ATÉ junho de 1995 Nessa editada FOI UM Provisória n º 1.053 Medida, de 30 de junho de 1995, reeditada DIVERSAS-fold, that, arte los Seu. 8º, previu a extinção do IPC-r a Partir de julho de 1995, Bem Como, Nao § 3º Fazer MESMO Artigo, a utilização do INPC, EM substituição AO Índice extinto, Barbatanas Paragrafo OS Localidade: Não § 6º Fazer arte. 20 e § 2º Fazer arte. 21, da Lei n º 8.880 Ambos / 94, referindo nada, Nao entanto, Quanto AO Índice APLICÁVEL AO reajuste dos Benefícios Previdenciários. Em 29.04.96, Dias Antes da Dados fixada Paragrafo reajuste dos Benefícios Previdenciários, editada FOI UM Provisória n º 1.415 Medida / 96, dispondo Que, a Partir de maio de 1996, o IGP-DI passaria UMA Ser O Índice Utilizado para Todos Barbatanas OS Previdenciários, inclusive SEM DOS reajustamento Benefícios. Houve, com ISSO, violação do Princípio constitucional da irredutibilidade Fazer DOS valentia Benefícios, EM Virtude da adoção de criterios díspares Paragrafo UMA atualização dos salarios-de-Contribuição , integrantes do PERÍODO básico de Cálculo, EM Relação AO aplicado ÀS Rendas mensais de Benefícios concedidos JA. Na Medida in that a Constituição Federal Garante a Preservação contra O Processo inflacionário TANTO DOS salarios-de-Contribuição Quanto DA Renda Mensal dos Benefícios Previdenciários (. 201 arte, §§ 3º e 4º), indexadores utilizados OS Pará TANTO díspares Localidade:. Localidade: Não PODEM SER, Tanto Que restou infraconstitucionalmente Determinado that Ambos seriam corrigidos Pelos mesmos índices (art 29, § 1o, da Lei 8.212 / 91, na Época -Vigente). Ocorre Que, enquanto salarios-de-Contribuição OS foram atualizados Pelo IPC-r, COMEU 30 de junho de 1995, Por Força do disposto no § 2º Fazer arte. 21 da Lei 8.880 / 94, e de tal ATÉ Dados de 30 de abril de 1996, Pelo INPC, consoante o art. 8º, caput e § 3º da Medida Provisória n. 1.053 / 95, Benefícios OS, Nao tange AO MESMO PERÍODO that, Força Pôr do disposto nsa Artes. 2º e 3º da Medida Provisória n. 1.415 / 96, sofreram reajuste com base de de de na variação do IGP-DI, cujos Índices supracitados foram Bastante INFERIORES AOS DOS indexadores.





De Fato, Em maio de 1996, Os Benefícios foram reajustados Segundo UMA variação Integrante do IGP-DI, Nao PERÍODO de maio de 1995 a abril de 1996, acrescida do "aumento real" de 3,37% (art. 5 ° da Medida Provisória n. 1.415, de 29.04.1996), somatório Que atingiu o indice de 15%, aplicado para Todos OS segurados com OS Dados de inicio de Benefício ATÉ maio de 1995 O percentual FOI Bastante inferior a Pará NÓS LigAção Índices Medidores de INFLAÇÃO, Como o INPC, Que atingiu Nenhum PERÍODO 18,22%. Uma inviabilidade da utilização do IGP-DI Paragrafo repor perdas monetárias restou TÃO evidenciados Que o Conselho Nacional da Seguridade Social editou a Resolução n. 54/96, Publicada no DOU de 30 de 7-1996, aprovando proposal nenhuma SENTIDO de that hum Correção dos Valores dos Benefícios e dos salarios-de-Contribuição, EM 1º de maio de 1996, de-se Pela variação do INPC / IBGE, Para O PERÍODO Que Vai de maio de 1995 , um abril de 1996.


Pretende, Assim, o Autor Que o reajustamento de Seu Benefício Previdenciário los maio de 1996 SEJA Feita Mediante a Aplicação: Fazer percentual de variação do INPC, OU SEJA, 18,22%; OU Fazer percentual de variação dos indexadores utilizados Pará atualização dos salarios -de-Contribuição de:. Localidade: Não PERÍODO MESMO Considerando Que a variação do IPC-r, de maio a junho de 1995, atingiu 4,44%, a Fazer INPC de julho de 1995 a abril de 1996, 12,27% e Que o IGP-DI de maio de 1996 alcançou 0, 70%, o indice de reajuste Integrais Beneficios Paragrafo OS concedidos COMEU 30-4-1995, atinge, nestes TERMOS, 18,08%.

Por FIM, Solúcar o Argumento de Que a Medida Provisória n. 1.415 / 96, de Além de dispôr SOBRE o indice de reajuste Ser adotado um Localidade: Não PERÍODO, previu, arte los Seu. 5 °, that a Diferença Entre UMA variação Acumulada fazer IGP-DI EO indice de 15% Seria Aplicada AOS Benefícios mantidos Pela Previdência social, hum Título de "aumento real", postula Que o percentual dai resultante (3,37%) DEVE Ser acrescido AQUELE Como apurado atualização Monetária (18,08% UO 18,22%).
Nestes TERMOS entende o Autor Que o valor de Seu Benefício Encontra-se defasado los Razão dos Planos Econômicos Diversos that assolaram O País Ate a Época Atual, Encontrando-se o MESMO desatualizado, O Que requer que Logotipo UMA REVISÃO SUA, POR Acreditar incorreto o Que valor a VEM recebendo atualmente.

Diante de TODO o Exposto e de Tudo o Que Mais dos autos CONSTA requer a Vossa Excelência, SEJA UM Presente revisional de Aposentadoria julgada procedente Totalmente Paragrafo condenar o INSS a reajustar a Fazer autor Aposentadoria, nsa seguintes TERMOS:

1) a) Revisar OS Cálculos de Concessão inicial da Aposentadoria POR idade e reajustar o Benefício de Concessão da SUA, Ate a Dados do Julgamento desta, incluíndo o Mês de maio de 1996, aplicando inclusive:

1-a) o percentual de variação do INPC (18,22%), proporcionalmente OU integral, de hum um a Acordo com a respectiva Dados de inicio, acrescido do "aumento real" de 3,37%; OU 2-b) o percentual de variação dos indexadores utilizados corrigir par salarios-de-Contribuição de OS: Não PERÍODO MESMO, that totalizaram 18,08%, acrescido do "aumento real" de 3,37%;


3-c) b) Pagar Como Diferenças vencidas e vincendas, monetariamente corrigidas from o Respectivo Vencimento e acrescidas de Juros Legais moratórios, Incidentes Ate a Dados do efetivo Pagamento, Correspondentes.

 4-d) A citação do Instituto Nacional do Seguro Social - INSS, Bem Como SUA intimação Paragrafo Que, Ate a Audiência de Tentativa de Conciliação, AUTOMOVEIS Junte AOS O Processo Administrativo;

5-e) A Concessão do Benefício da gratuidade Judiciária POR Ser o autor pobre na acepção Jurídica do Termo, POIs Não Tem condições de arcar com custas e Emolumentos Judiciais SEM prejuízo Fazer Seu Proprio Sustento e de SUA Família.

6-f) a condenação los honorários ADVOCATICIOS e los de Todos os consectários Legais de Estilo.

protesta POR TODAS Como Provas los admitido Direito, especialmente o depoimento Pessoal do Representante Fazer Jurídico réu UO Seu proposto, Solúcar pena de Confissão dos Fatos elencados na PEÇA inicial.

Dá-se à Causa o valor de R $ 3.600,00 (Três mil e seiscentos reais) par de barbatanas custas Possíveis.

TERMOS Opaco em,
Pede deferimento.

São Paulo, 29 de Novembro de 2005.





Silvino Guida de Souza

OAB-SP


0 comentários:

Copyright © 2013 Silvino Advocacia